Publicado por: giselepelisoli | 09/09/2009

Trekking in Kashmir – começando a aventura

Eu não tinha falado nada sobre isso ainda, mas foi a parte mais esperada da viagem!!! Há, eu queria fazer surpresa para vocês!!! Quando eu estava começando a ler sobre Kashmir já estava pensando em fazer isso… e no dia que cheguei em Srinagar já marcamos a data com o guia… Tem que ser com guia, né? Eu não sou nem perto de profi…Alem do mais, o destino escolhido – Gangabal era montanha acima, sem absolutamente nada por perto… Tinha que levar tudo inclusive comida e água.

Pois então, vamos começar o diário de viagem. Acordei doente… Sim, mas isso não ia me impedir… Foi um dos casos de diarréia e cólica que carne me causou. No dia anterior eu comi Pulao, que eh uma espécie de carreteiro, e tinha passado mal a noite inteira. Amanheceu e tomei remédio… A menina que foi comigo, a Magda, tem remédio para tudo…  Então, devidamente medicada para não causar acidentes, mas ainda morrendo de dor, pegamos nossas mochilas e entramos no carro. Precisávamos ir ate a cidade de Naranagh, ponto de inicio da jornada.

Chegamos la no meio da tarde….mas foram varias horas até chegar la, e o primeiro trecho de caminhada levava 7 horas pelo menos, para quem esta em boa forma, segundo o nosso guia. Então nos acampamos na beira do rio para esperar o dia seguinte. Eu estava mal, então não explorei muito a região (até porque se eu caminhava ficava com dor) e mais descansei.

Na beira do rio, em Naranagh

Na beira do rio, em Naranagh

Mesmo rio, mas para o lado em que iriamos fazer trekking

Mesmo rio, mas para o lado em que iriamos fazer trekking

A melhor parte era que nos não precisávamos fazer nada…. Nos acertos da viagem (pagamos o equivalente a 480 reais, cada pessoa) estava incluído o serviço do guia, as tendas, sapato de trekking, roupas para frio, toda a alimentação, um cozinheiro, cavalos para levar todo o material (e um extra para se alguém cansasse muito durante o trajeto) e mais três homens para cuidar dos cavalos e outras coisas que precisasse. Vidinha de madame, né? O mais engraçado era olhar… duas turistas com 5 homens para fazer tudo para nos!

Montando acampamento

Montando acampamento

Anyway, no dia seguinte iniciamos a caminhada montanha acima… Bom, vocês lembram de outro post em que eu comentei que eu já tinha passado mal pela altitude? Pois bem, indo para cima eh óbvio que vai voltar né? Não foi tão forte como quando eu cheguei na região, mas era difícil de respirar. Eu sentia o peito pesado, e ficava muito cansada. De dois em dois minutos eu tinha que parar para descansar. Então depois de duas hora mais ou menos ficaram com pena de mim e me deram um cavalo para continuar o caminho.

On teh way up...

On the way up...

Trekking a cavalo :)

Trekking a cavalo 🙂

A partir dai foi mais fácil para mim… Era mais curtir a vista! Mas não foi completamente moleza… por o caminho ser difícil, a gente chacoalha muito em cima do cavalo. No final do dia eu estava morrendo de dor nas costas e com as pernas roxas… Alem disso, tinha trechos em que seria perigoso ir a cavalo, então tinha que descer, andar uma meia hora para depois voltar para o cavalo. Cada vez que me pediam para descer eu tentava seguir o trajeto só a pé, mas meu corpo não aguentava…

Curtindo a vista

Curtindo a vista

DSC05726

Cheguei la podrinha podrinha. Acampamos em um lugar chamado Trukull. Olhamos a vista, e fomos dormir tri cedo, para recuperar as forcas para o dia seguinte.

 

A Magda amava tirar fotos de cavalos, e essa ficou perfeita...

A Magda amava tirar fotos de cavalos, e essa ficou perfeita...

Vista do nosso acampamento

Vista do nosso acampamento

E o dia seguinte, fica para próxima, ok?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: